*ESTAVA ENFERMO E VISITASTE-ME…

DSC09185a_TTwebsite_EPT

 

2013.12.25

O Espírito estava pronto mas a carne permanecia fraca. Era assim que me sentia uns dias antes do Dia de Natal acerca desta coisa que sabia tinha que ser feita.

Mas a voz suave na cabeça dizia; “Tens que fazer!” Apesar das muitas desculpas que inventava como; “Já estou a fazer a coisa da igreja;” “Afinal isto de cura não parece ter sido um talento que me foi dado…” então para quê ir lá, e outras desculpas demasiado insignificantes para incluir aqui.

Sabia que ia ser sempre um sacrifício no princípio mas que depois acabaria numa experiência fantástica. Tem sido sempre assim.

Depositei o plano nas mãos do Senhor e continuei a vida como sempre. Acho que estas coisas tornam-se mais difíceis de levar a cabo quando estamos sozinhos, sem alguém ao lado para nos levantar quando nos sentimos em baixo e menos capazes.

Então Jesus que sabe de tudo pegou no plano que tinha deixado em Suas mãos e começou a trabalhar para o fazer acontecer.

A minha filha Melissa tinha vindo para passar o Natal com a família e também para trabalhar num evento no dia de Natal. Ela precisava de alguém que a levasse e então perguntei-lhe se estaria disposta a vir comigo passar pelo hospital e depois eu a levaria ao qual concordou.

Já não estava sozinho.

Tanto os pacientes como a médica e as enfermeiras de serviço ficaram agradavelmente surpreendidos com a nossa visita. Felizmente que a ala infantil estava vazia mas havia alguns casos de última hora, quatro Moçambicanos que se tinham envolvido num acidente com o chapa que os levava para passarem o Natal em casa, três homens que tinham sido assaltados e tinham ficado gravemente feridos no processo,… aos quais pudemos levar uma oração, palavras de conforto, algo para ler e um balão na forma de cachorrinho.

O pessoal de serviço também apreciou a visita, no dia em que o último lugar onde queriam estar era longe dos seus entes queridos. Bem hajam!

E no fim de menos de uma hora, sem falhar os espíritos estavam altamente bombeados.

Pequenos gestos que não custam dinheiro e que durarão pelo menos até ao próximo Natal.

“Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita; Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome, e me destes de comer; Tive sede, e me destes de beber; Era forasteiro, e me hospedastes; Estava nu, e vestistes-Me; *Estava enfermo, e visitastes-Me; preso, e fostes ver-Me.” (Mateus 25:34-36)

(JR)

Advertisements

One thought on “*ESTAVA ENFERMO E VISITASTE-ME…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s